Anúncio foi feito nesta segunda-feira (29), no início das comemorações dos 50 anos de planejamento no Estado

Na abertura das comemorações dos 50 anos da institucionalização da atividade de Planejamento do Governo do Estado, o secretário do Planejamento e Gestão, Hugo Figueirêdo, anunciou que o governador Camilo Santana deverá encaminhar, em breve, para apreciação da Assembleia Legislativa, mensagem que incorpora aos instrumentos de planejamento do Estado o Plano Estratégico de Longo Prazo. “Sabemos da importância de envolver a sociedade na construção de uma nova agenda para o desenvolvimento do Ceará, iniciando o planejamento de longo prazo com apoio do Movimento Brasil Competitivo e FIEC”, disse o titular da Seplag.

Hugo Figueirêdo salientou ainda que desenvolvimento não se faz por lei ou decreto. “Se faz fomentando a participação cidadã na formulação de idéias e cobrança de resultados. Isso só será possível com a participação também de vocês, servidores públicos”, enfatizou o secretário da Seplag, ressaltando que o Estado se prepara para construir uma agenda vencedora, “que deixará o Ceará preparado para enfrentar os próximos 50 anos”.

Em seu pronunciamento na abertura da solenidade, realizada no auditório da Seplag, na manhã desta segunda-feira, dia 29/02, Hugo Figueirêdo lembrou o planejamento do estado há 50 anos. “Naquela época os desafios eram variados, como trazer energia para movimentar os negócios, promover a industrialização de produtos agrícolas e reduzir a pobreza”. Meio século depois, o estado vê a concretização de um investimento de 6 bilhões de dólares, com a construção da siderúrgica do Pecém que representará um incremento de 10% no PIB do Ceará.

Ao concluir, o secretário da Seplag disse que as estratégias de planejamento precisam estar constantemente atualizadas: “Vivemos hoje o mundo do conhecimento, do capital humano, e o Ceará já trabalha nessa direção”. Na oportunidade, citou o desempenho dos estudantes cearenses nos exames para ingresso no ITA, nos quais o estado consolida sua posição de liderança a cada ano, o que representou fator importante para atrair para Fortaleza o primeiro mestrado do ITA fora da sua sede.

Representando o governador Camilo Santana, a vice-governadora Izolda Cela destacou o papel da Seplag no desenvolvimento das políticas públicas, “quando os servidores do órgão têm contribuído com sua inteligência e capacidade técnica para que possamos enfrentar desafios e termos um estado melhor e mais desenvolvido”.

Izolda Cela reportou-se ao desempenho alcançado pelo setor de educação do estado nos últimos anos, “quando o Ceará assumiu posição significante no cenário nacional. Uma criança que nasce hoje no Ceará tem muito mais chances de escolaridade com perspectivas de sucesso”.

Ex-secretário estadual de Planejamento (Seplan) e Administração (Sead), o economista Mauro Filho afirmou que o Ceará está construindo os alicerces das estruturas de planejamento que permitam olhar de médio e longo prazo para visualizar os novos horizontes. “Estamos pensando o Ceará que vai além dos quatro anos do Plano Plurianual”, reforçou Mauro Filho.

A solenidade teve ainda a presença do presidente do Tribunal de Contas do Estado, Edilberto Pontes, dos secretários da Controladoria e Ouvidoria Geral, Flávio Jucá, e da Tecnologia e Educação Superior, Inácio Arruda, do diretor-geral do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará, Flávio Ataliba, da diretora da Escola de Gestão Pública, Lúcia Siebra, do superintendente do Instituto de Saúde dos Servidores do Estado, Olavo Peixoto, e do secretário do Planejamento, Orçamento e Gestão de Fortaleza, Phillipe Nottingham.

A programação desta segunda-feira teve início com o descerramento de placa comemorativa ao evento pela governadora Izolda Cela e secretário Hugo Figueirêdo, sendo concluída com debate após palestra do professor da Escola de Pós-Graduação em Economia da Fundação Getúlio Vargas, Pedro Cavalcanti Ferreira, sobre “Determinantes do Crescimento de Longo Prazo: evidências e lições”.

Com informações da Ascom/Seplag-CE

Voltar

Outras Notícias