Sugestão será debatida no durante fórum realizado entre secretários das pastas de Administração (Consad) e Planejamento (Conseplan) de todos os estados brasileiros

Cinco representantes do Governo de Jair Bolsonaro estarão presentes em Manaus, no fórum que reúne secretários das pastas de Planejamento e Gestão dos 26 estados e do Distrito Federal, nesta sexta-feira (07/06). Eles são membros do Ministério da Economia e da Presidência da República. Inês Carolina Simonetti, secretária de Administração e Gestão (Sead), e Jório Veiga, secretário de Estado de Planejamento (Seplan), são os anfitriões do evento.

O fórum, que ocorre no Hotel Blue Tree Premium Manaus (avenida Jornalista Umberto Calderaro Filho, 817, Adrianópolis, zona centro-sul) é uma realização conjunta entre o Conselho Nacional de Estado da Administração (Consad) e Conselho Nacional de Secretários de Estado de Planejamento (Conseplan).

Segundo o presidente do Consad e secretário de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas, Fabrício Marques Santos, durante o encontro, será apresentado aos secretários dos estados o Programa de Equilíbrio Fiscal, lançado nesta semana pelo Governo Federal. Trata-se de um conjunto de ações em relação as dívidas dos Estados.

“Os estados poderão contrair empréstimos, o que vai dar um fôlego financeiros para muitos governos e, em contrapartida, irão adotar algumas medidas”, disse Fabrício. O assunto será abordado por Itanielson Dantas Silveira Cruz, da Secretaria do Tesouro Nacional do Brasil, do Ministério da Economia.

Participantes- Também do Ministério da Economia, estarão presentes Luís Felipe Salin Monteiro, secretário de Governo Digital da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital; Fabio Hideki Ono, subsecretário de Planejamento da Infraestrutura Subnacional da Secretaria de Desenvolvimento da Infraestrutura, e Gleisson Cardoso Rubin, secretário especial adjunto da Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia.

Márcia Luíza de Amorim Oliveira, secretária especial de Modernização do Estado da Secretaria-Geral da Presidência da República também participa do Fórum.

Haverá, ainda, representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Francisco Caldas, que é especialista líder em Modernização do Estado. Pelo Banco Mundial, participa Daniel Ortega, especialista sênior em Setor Público.

“Será um momento para trocarmos experiências. A discussão sobre o equilíbrio fiscal, planejamento a longo prazo e gestão por resultados serão debatidos durante o fórum e isso gera expectativa entre os secretários”, destaca Inês Carolina, que ocupa o cargo de conselheira fiscal no Consad.

A agenda a ser discutida no fórum vai permitir o aprofundamento de questões vitais à gestão pública, destacou o secretário de Estado de Planejamento, Jório Veiga. “Teremos o alinhamento necessário para o fortalecimento da gestão pública em um momento difícil de governança”, resumiu Jório.

Texto de Ascom SEAD – AM

Fotos: Gabriel Retondano

Voltar

Outras Notícias