Unir os governos e a sociedade civil organizada como forma de superar a atual crise econômico-financeira do Brasil, as desigualdades sociais e o desequilíbrio das contas governamentais. A proposta foi feita hoje (30/03), em Goiânia, pela presidente do Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad), Alice Viana. A presidente, também secretária de Administração do Pará, participa até amanhã, no Mercure Hotel, do 103º Fórum Consad.

O encontro foi aberto oficialmente, nesta manhã, pelo secretário de Gestão e Planejamento de Goiás, Joaquim Mesquita, representando o governador Marconi Perillo, e pela presidente do Consad. Participam representantes de todos os Governos dos Estados. O evento acontece simultaneamente ao 2º Seminário de Gestão por Processos na Administração Pública do Estado de Goiás. Mais de 300 pessoas participam do encontro que discute como entregar melhores produtos e serviços em tempos de crise, por meio da gestão eficiente dos processos de negócios.

Alice Viana lembrou que o Brasil tem dois grandes adversários que atormentam os governos há tempos: a pobreza e a desigualdade social. E agora somaram-se mais alguns, entre eles, os desequilíbrios das contas públicas e o problema da exportação da carne brasileira. “O problema da carne deveria ter sido tratado como questão de saúde e não econômica. Agora, temos de somar esforços para superar a crise e isso não afetar a retomada do nosso crescimento econômico”, disse.

A presidente do Consad lembrou da necessidade do Brasil voltar a ter capacidade de governar para incentivar a iniciativa privada a produzir mais, gerar mais empregos, melhor a distribuição de renda e a população ter melhor qualidade de vida. “Temos de garantir também o cumprimento da missão dos governos de levar mais e melhores serviços públicos à população e de manter o controle das contas públicas”, ressaltou Viana.

O secretário Joaquim Mesquita falou da importância de Goiânia sediar as realizações do Fórum do Consad e do Seminário de Gestão Pública. “Estamos lutando no Governo para a melhoria da administração pública, pela agilização de processos, pelo fim da burocracia e para a eficiência na prestação de serviços públicos. As discussões nestes dois eventos nos ajudarão a encontrar estes caminhos com mais rapidez”, afirmou o Secretário.

Texto: Sônia Ferreira
Foto: Léo Iran

Voltar

Outras Notícias