Com o intuito de se manter alinhado às agendas fomentadas pelo Governo Federal, o Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad) passou a integrar o Grupo de Trabalho do Pacto Federativo. Coordenado pela Secretaria Especial de Assuntos Federativos da Secretaria de Governo na Presidência da República, o GT visa estabelecer um caminho sustentável para o fortalecimento dos Municípios, Estados, Distrito Federal e União.

Realizada em conformidade com as pautas que buscam aprimorar o desenvolvimento dos governos estaduais, a primeira reunião do GT contou com uma apresentação da proposta do Pacto e deu os encaminhamentos para o próximo encontro, que acontece no dia 09 de outubro, no Palácio do Planalto.

“Contribuir com as discussões acerca do Pacto Federativo é muito importante para que possamos estar cada vez mais alinhados às agendas nacionais e integrados em nossas diretrizes. O Consad tem buscado fomentar debates caros à administração pública brasileira e, sem dúvidas, a participação no GT trará ainda mais referências para que possamos dar andamento aos nossos trabalhos”, afirma o presidente do Consad e secretário de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas, Fabrício Marques Santos.

Na oportunidade, o Conselho também poderá ampliar o debate e levar as pautas e expertises da instituição, considerando sua diversidade representativa, para agregar ao tema em questão. De acordo com o presidente do Consad, a expectativa é que, com essa mobilização, os Estados consigam ter o subsídio necessário para avançar em pautas estratégias dentro de suas gestões.

“É uma troca de experiências que só traz benefícios aos estados, seja pelo intercâmbio de conhecimentos relacionados ao tema, seja pela garantia da representação das unidades federativas nesse processo decisório. A gestão pública do Brasil vem unindo forças técnicas para solucionar, com criatividade e muito diálogo, as principais demandas sociais. O envolvimento dos estados no GT só vem para potencializar esse momento”, pontua Fabrício Marques.

Voltar

Outras Notícias