Os participantes do X Congresso Consad de Gestão Pública podem esperar por uma edição com muito conteúdo e novidades. Essa troca de experiências acontece nos dias 5, 6 e 7 de julho, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, e promete reunir o mais variado público, desde estudantes e servidores públicos até especialistas em Gestão Pública. Este ano, o evento torna-se ainda mais especial, pois completa 10 anos de história.

Por ser um ano comemorativo, a programação foi pensada no atual cenário econômico e político do país, mas também na trajetória e nos resultados obtidos pelo evento, que hoje representa o maior congresso de gestão pública do Brasil. Com o tema “Gestão dos serviços públicos: o protagonismo cidadão e caminhos para a inovação governamental”, a conferência magna abre esta 10ª edição e será apresentada pelo especialista em Modernização do Estado no BID, Pedro Farias.

O especialista apresentará o livro Governos que Servem, que apresenta lições a partir de casos estudados e analisa as dimensões como as novas tecnologias de informação e comunicações, a coordenação governamental, os marcos regulatórios e os modelos de gestão. Com base nestes estudos, são identificados três importantes vetores da inovação em serviços: integração, simplificação e gerenciamento. Devido ao sucesso, a publicação, que foi lançada em espanhol, ganhou também a versão em português.

E pensar em quanto custam os trâmites públicos para a sociedade? Um estudo, cujo projeto piloto foi testado em quatro estados mais o Distrito Federal, foi realizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Governo Federal. O levantamento foi desenvolvido a partir das inúmeras transações feitas pelo cidadão na hora de tirar um Registro Geral, Carteira de Trabalho e como isso pode interferir nos custos e nos cofres públicos.

Durante os três dias, uma sessão plenária irá apresentar o balanço de 10 anos de história. A participação e controle social na gestão pública e as lições compartilhadas no âmbito do congresso.

Trabalhos Científicos

Os painéis também contam com uma vasta programação. Com a missão de agregar conhecimento, os trabalhos científicos que serão apresentados durante os painéis demonstram o estágio de amadurecimento da administração pública brasileira. Os estudos vão desde aplicações de tecnologia para a transformação da gestão dos transportes na Administração Pública até as novas propostas para inserir a criatividade no governo eletrônico.

Este ano, o Consad recebeu mais de 400 inscrições de propostas de trabalhos científicos para o congresso. Desse total, 147 foram selecionados pelo Comitê Científico para integrar a programação do evento.

Apoio

Este ano, o evento tem o apoio do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), Governo de Brasília, Movimento Brasil Competitivo (MBC) e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Caixa Econômica Federal, Bradesco, Banco do Nordeste, Conselho Federal de Administração (CFA), Conselho Regional de Administração (CRA), Zetra, Petrocard e Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), KPMG, AZ Tecnologia em Gestão, LinkData, Fundação Ezute, Instituto Publix e Fácil Soluções.

Acesse aqui a programação.

Voltar

Outras Notícias