Eventos - Honrarias

MEDALHA DO MÉRITO CONSAD DE GESTÃO PÚBLICA 2012 – Brasília/DF

Data:04-06-2012
Local:Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília/DF.

A Medalha do Mérito CONSAD de Gestão Pública é uma honraria concedida como reconhecimento à atuação profissional, de gestão, de pesquisa ou política em defesa da gestão pública. A homenagem é outorgada anualmente a personalidades escolhidas pelo Conselho e a entrega da medalha faz parte da programação do Congresso CONSAD de Gestão Pública.

Atualmente, o Colegiado do CONSAD recebe a indicação dos nomes e a justificativa para a concessão da honraria a cada um deles. Após a análise individual, os membros se manifestam em votação para indicação dos agraciados.

Na edição 2012 foram agraciados:

Nelson Machado

Foi Secretário Executivo do Ministério da Fazenda (2006 – 2010), Ministro da Previdência Social (2005 – 2007), Secretário Executivo (2003 – 2004) e, depois, Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão (2004 – 2005). Enquanto Secretário-Executivo e Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão apoiou a realização do PNAGE, que vem beneficiando o aperfeiçoamento da Gestão Pública dos Estados e do Distrito Federal. Dirigiu a FAZESP (1995 – 1999). Sua tese de doutorado “Sistema de Informação de Custo, diretrizes para integração ao orçamento público e à contabilidade governamental” foi publicada pela ENAP, em 2005. Em 2009, sob sua liderança, o Ministério da Fazenda deu início à implantação de um “Novo de Modelo de Contabilidade Aplicada ao Setor Público”, que tem como objetivo convergir as práticas de contabilidade vigentes aos padrões estabelecidos nas Normas Internacionais de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público. Esse novo modelo visa a resgatar a Contabilidade como ciência, e o patrimônio da entidade pública, como objeto de estudo.

Pedro Cesar Farias

Especialista Sênior de Gestão Pública no Banco Interamericano de Desenvolvimento, em Washington (2003-2012), liderando diversos programas de apoio à Modernização da Gestão Pública na Argentina, Peru, Bolívia, Chile e Brasil. Foi Secretário Executivo Adjunto do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (2000 – 2002), dando início à concepção de um programa de fortalecimento da Gestão Pública nos Estados e no Distrito Federal, com apoio do MPOG e do BID, depois nomeado PNAGE. Foi diretor da SEGES e do extinto MARE (1995- 2000). Em 1997, publicou sua dissertação de mestrado, “A seguridade social no Brasil e os obstáculos institucionais à sua implementação”, pela ENAP.

Orlando de Sá Cavalcante Neto

Brasiliense, sociólogo, formado pela Universidade de Brasília, ingressou na carreira de consultor de orçamentos do Senado em 1998. Exerceu, por cinco anos, o cargo de Consultor-Geral Adjunto Substituto da Consultoria de Orçamentos. A partir de 2010 tornou-se Consultor-Geral de Orçamentos. É um dos idealizadores do SIGA Brasil, sistema de informação orçamentária e de transparência dos gastos públicos. Entre outros, concluiu os cursos de Gestão de Recursos da Defesa  – CGERD – Escola Superior de Guerra e Satrategy and Defense Policy – National Defense University (EEUU). Recebeu as Seguintes condecorações: Medalhas do Mérito Aeronáutico  e do Mérito Santos Dumont – Comando da Aeronáutica, do Pacificador – Comando do Exército e do Mérito Tamandaré – Comando da Marinha.